Relacionamento inteiro é troca

Relacionamento, seja ele qual for, é troca. Na amizade e nos relacionamentos amorosos, não se trata de troca de favores, mas sim, troca de amor incondicional. Para que esta troca seja ampla e plena, as partes precisam estar na mesma sintonia, harmonizadas no dar e receber em parceria. Podemos dizer que quando nos relacionamos caminhamos numa estrada de duplo sentido, o que vai, volta na mesma medida. 

Se assim não for, não será certamente relacionamento, mas apenas, outras tantas coisas, que se confundem com o acto de nos relacionarmos. Aqui podemos entrar em vários estados de dependência. Emocional, mental, financeira, social, espiritual. Alarga-se o campo até ao infinito das possibilidades. 

É neste campo alargado, onde a expectativa é pêndulo e unidade de medida, que os relacionamentos passam a ser um jogo de interesse. Convém lembrar que este é um jogo que todos jogamos, mesmo que, na maioria das vezes, ele aconteça de uma forma inconsciente e nem sempre pelas piores intenções. Neste nível o nobre sentimento é engolido, literalmente, pela dor. Se damos e não recebemos, sofremos. Passamos a dar mais por pensarmos que o que fizemos não é suficiente para cativar o amor ou atenção do outro, para que o objectivo pessoal se cumpra. Na maioria das vezes voltamos a sentir dor. 

Neste estágio de repetição de padrões de pensamentos, sentimentos e acções, é necessário ter a coragem de olhar “para dentro”, sem a batuta da culpa a orquestrar a vida, colocando, sempre no outro, a responsabilidade do que acontece. 

Relacionamento é uma troca, limpa nos afectos, mútua presença que se estende para além da “utilidade” de cada um, respeitando-se singularidades e essências individuais. Troca onde, entre o ir e o vir, se constroem encontros de cumplicidade perfeita e experiências mútuas. Esses são os pontos de um relacionamento inteiro, onde o Amor Incondicional é o eixo!

Filomena de Paula

Saiba mais sobre a autora Filomena de Paula aqui.

Conheça o seu livro PASSO A PASSO UM OLHAR SOBRE O DESENVOLVIMENTO PESSOAL E A ESPIRITUALIDADE